Postado por em 01-06-2017 Imprimir . A+ . A-

CONTINUA A CAÇA AOS PROFESSORES…

direitos

Desta vez trata-se do caso de 02 professores que foram removidos pela portaria de nº 018/2016.

A secretaria de educação resolveu abrir processo administrativo para apurar supostas irregularidades neste processo de remoções: acontece que sem ao menos haver o resultado do processo, que inclusive já ultrapassou e muito do prazo definido para conclusão, os professores foram remanejados aleatoriamente para outras escolas, dos quais 02 deles Mariângela Rodrigues dos Santos Silva e Robson Rodrigues de Souza; resolveram legalmente  permanecer na escola de remoção, até que se definisse o resultado do processo administrativo; não omitindo porém as constantes humilhações que estes professores foram submetidos, porque não foram direcionados para nenhuma sala de aula, para as escolas as quais eles tinham sido removidos e assim eles ficaram assinando o ponto e cumprindo o horário: porque as suas turmas tinham sido passadas à criteriosamente para outros profissionais que também foram remanejados aleatoriamente para essas escolas para ocupar o lugar destes professores. O resumo é que após várias tentativas de resolver o impasse e aguardar o resultado do processo administrativo, que se existe não foi divulgado, nem oficializado até hoje e estes professores ainda tiveram os seus salários suspensos; mesmo tendo acatado o encaminhamento arbitrário da secretaria de educação, para as escolas de lotação anterior, sem ao menos ter o resultado deste processo. Não omitindo a informação, que em meio a toda essa turbulência, esses profissionais ainda foram malhados nas escolas onde atuavam; porque se disse deles para os alunos e a comunidade: que a sua ausência na escola era por displicência e irresponsabilidade: quando na verdade não disseram que a estes profissionais, estava se negando o direito e submetendo a uma humilhação sem precedentes.

Porque que ao invés de provocar esse tipo de turbulência a secretaria de educação não cumpre a lei? Cumpra a lei senhora secretária, porque a lei 09/2011 diz que nenhuma professor deverá servir fora da unidade escolar onde tem lotação e REMOÇÃO é uma nova lotação: ressalvadas as hipóteses nela especificadas, que não diz respeito aos casos supracitados.

 

. Comentários (0)


Deixe seu comentário

CUT
CNTE
fespumed-bahia