Postado por em 01-02-2017 Imprimir . A+ . A-

Jornal Mural: Greve Nacional da Educação

O golpe no Brasil teve por objetivo devolver o poder político às elites e violar a democracia existente no país. Com esse cenário exposto, a CNTE entende que é momento de união e luta dos trabalhadores pela manutenção dos seus direitos.

Neste sentido, o 33º Congresso da CNTE – realizado entre 12 e 15 de janeiro, em Brasília – aprovou o indicativo de Greve Nacional da Educação a partir do próximo dia 15 de março, na perspectiva de fortalecer a construção da Greve Geral de toda a classe trabalhadora. A mobilização da Confederação e entidades filiadas conta como principais reivindicações a não aprovação da reforma previdenciária e o cumprimento do piso salarial dos professores.

 

Confira também o cartaz da greve!

 

jornal_mural_janeiro_2017_final_web_final

Publicado em Segunda, 30 Janeiro 2017 13:28

. Comentários (0)


Deixe seu comentário

CUT
CNTE
fespumed-bahia