Postado por em 13-07-2017 Imprimir . A+ . A-

E AGORA PREFEITA E DEPUTADO, COMO EXPLICAR A FALTA DE RECURSOS?

images (10)Toda Campo Formoso tem acompanhado a luta dos servidores da educação e de outras categorias em busca da reposição salarial anual, o que apesar de estar garantido e amparado por Leis, não vem sendo cumprido pela Prefeita Rose Menezes (PSD). O discurso repetido pela prefeita e seu padrinho político Deputado Estadual Adolfo é de que o Município não tem recursos para tal. Seria isso verdade? O município de Campo Formoso realmente não tem dinheiro para cumprir a LEI e garantir o direito sagrado do trabalhador de contar com o salário digno? Mas se não tem dinheiro, por que então criar novos cargos? E, diga-se de passagem, com salários tão altos. Por que tantas gratificações? Por que contratos são reajustados e outros são firmados com valores tão elevados?images (9)

Mas como se não bastasse tudo isso descrito acima, a prefeita Rose Menezes, convoca sessões extraordinárias e os vereadores que retornam do recesso no próximo dia 02/08, foram chamados as pressas para analisar e aprovar alguns Projetos de Lei do Executivo Municipal.

images (1)Os projetos encaminhados pelo executivo ao legislativo, são 7 (sete), e dentre estes projetos está o de Numero 013/2017, que “Dispõe sobre a contratação de pessoal”. Ora se o discurso da prefeita e do deputado Adolfo é de que os servidores ficam com a maior parcela dos recursos que chegam ao município e a folha de pagamento já ultrapassou o que é recomendado pelo TCM, de onde sairão os recursos para contratar? Quais são as áreas que precisam de contratados e assim de forma tão urgente, a ponto de convocar os vereadores em período de recesso? SÃO PERGUNTAS QUE PRECISAM SER RESPONDIDAS, VOCÊ NÃO ACHA?

ASCOM SISE

. Comentários (0)


Deixe seu comentário

CUT
CNTE
fespumed-bahia